Cunha

(Dados: Fundação Seade, Perfil municipal.  http//www.imp.seade.gov.br Consulta em 22 de novembro de 2015)

Maior município, em extensão, do Estado de São Paulo. Com 21.733 habitantes (2014), é classificado como município de pequeno porte e muito baixa densidade demográfica (15,4 habitantes por km2; a densidade demográfica do Estado de São Paulo é de 171,9). O grau de urbanização também é baixo (58,6%) e há discreto predomínio da população masculina (diferente da Região e Estado, em que o predomínio é da população masculina). O percentual de pessoas com 60 anos ou mais é de 15,7%, índices mais elevados do que a Região e o Estado. A análise das pirâmides demográficas (Acesse o infográfico) mostra o acompanhamento da tendência nacional de redução da fecundidade e mortalidade infantil, e aumento da expectativa de vida. Ao contrário do ritmo de aumento da população na região e no Estado, Cunha teve taxa geométrica de crescimento negativa entre 2010 e 2015 (-0,16aa). A renda per capita (R$ 393,03) é inferior ao valor da região e do Estado (R$ 853,75) e 43,4% dos domicílios, segundo o Censo de 2010, possuíam renda de até 1/2 salário mínimo. A taxa de analfabetismo (10,5%) é maior do que a do Estado (4,3) e maior do que a da região. Na análise do índice de responsabilidade social (IPRS) calculado pela Fundação Seade, Cunha passou do grupo 5 (municípios mais desfavorecidos, tanto em riqueza quanto nos indicadores sociais), em 2010 para o grupo 4 (municípios que apresentam baixos níveis de riqueza e nível intermediário de longevidade/ou escolaridade) em 2012.  Possuía IDHM 0,684 em 2010 (para comparação, o IDH do Estado era 0,783).

Página em construção.
 

PLANEJAMENTO

TERRITÓRIO

Uso do solo

CIDADE

LOCALIDADES

CULTURA, IDENTIDADES E CONEXÕES

A arte de Cunha é proporcional ao tamanho do seu território. A belíssima cerâmica, queimada nos fornos Noborigama, que proporciona surpresa e encantamento no ritual de abertura dos fornos, foi trazida ao município por imigrantes japoneses e, segundo Suenaga e Jardineiro, fincou raízes no Brasil e escolheu Cunha para moradia. E se estendeu para tornar-se arte em outros ateliês, arte que viaja o Brasil e o mundo.

Conheça mais no Portal de Cunha

É possível mesclar identidades europeias muito características, como as cores do amarelo do trigo e roxo da lavanda de Provença, na França, com o ar tropeiro da Serra da Mantiqueira?

Há quem diga que sim, outros dizem que não… E você, o que acha?

Conheça : O Lavandario

As festas religiosas ainda se mantém, na cidade que adquire hábitos urbanos mas ainda mantém o ritmo lento da vida rural. A procissão sai às ruas, a igreja se ilumina, os vendedores de pipoca e quentão tem clientela garantida. Festa do Divino.

As festas religiosas ainda se mantém, na cidade que adquire hábitos urbanos mas ainda mantém o ritmo lento da vida rural. A procissão sai às ruas, a igreja se ilumina, os vendedores de pipoca e quentão tem clientela garantida. Festa do Divino.